Rússia foi escolhida como sede da Copa do Mundo antes de votação, diz Blatter

Leave a Comment

Em entrevista, Blatter revelou conversa sobre a escolha das sedes de 2018 e 2022 e disse que seu afastamento é injusto.

No dia em que a Fifa revelou seus possíveis substitutos na presidência, Joseph Blatter assumiu em entrevista a agência de notícias russa " TASS" que a escolha para a Copa da Mundo de 2018 já teria sido feita antes mesmo da votação e que 2022 os Estados Unidos seriam anfitriões.

"Em 2010 tivemos uma discussão sobre a Copa do Mundo e tomamos uma dupla decisão. Foi acordado que iriamos para a Rússia porque nunca estivemos lá, no Leste Europeu. E para 2022 nós voltariamos para a América. Então, faríamos a Copa do Mundo nas duas maiores potências políticas" disse Blatter.

A reunião que consolidou a Rússia e o Qatar como sedes das próximas copas ocorreu em novembro de 2010. Porém, segundo o mandatário, a ideia de mudar a sede de 2022 veio de Michel Platini, presidente da UEFA, após encontro com o príncipe Nasser Salih Nasser Abdullah.

"Tudo estava bem até o momento em que [o presidente francês Nicolas] Sarkozy veio a um encontro e trouxe o príncipe do Qatar. Mais tarde, em um almoço o Sr. Platini disse que seria bom se mudassemos a sede. Então mudou todo o padrão" explica Blatter.

Blatter ainda colocou a culpa de toda a crise atual da Fifa nos quatro dirigentes europeus que votaram a favor da realização da copa no país árabe. Para ele se a escolha de 2022 fosse os EUA, todos estariam comemorando o fato e não falariam dos problemas da entidade.

Sobrou até para o Comitê de Ética da Fifa, que estipulou os seus 90 dias de afastamento por "pagamentos ilegais" à Platini "Isso não é justiça. Eu coloquei aquelas pessoas no escritório, onde estão agora no comitê e eles não tem coragem de ouvir o secretário geral [Jérôme Valcke], Platini ou a mim" reclamou o dirigente. Para ele, o comitê não está respeitando os direitos humanos, já que todos tem o direito de responder e esse direito foi negado a ele.

Uma das maiores opositoras de Joseph Blatter, a Associação de Futebol Inglesa também foi criticada por "não saber perder" o direito de sediar a Copa do Mundo de 2018 "Maus perdedores. Eles introduziram esse jogo, o jogo justo. Mas foram eliminados na primeira rodada, só houve um voto, ninguém queria ir para a Inglaterra" concluiu.

Fonte:  iG Esportes

0 comentários:

Postar um comentário

O QUE É BOM ESTÁ NO BOLA
aqui você ver tudo que acontece no mundo do futebol
Leia na página: "ABOUT" - Termos e Condições - antes de fazer seu comentário