Superar o fácil não tem mérito algum, é obrigação...  Agora vencer o difícil é glorificante; imagina ultrapassar o que até então era impossível...
 
Não é a vontade de vencer que importa ? todo mundo tem isso. O que importa é a vontade de se preparar para vencer.

 CURTA, INSCREVA-SE E COMPARTILHE OS NOSSOS VÍDEOS
e ajude a reforçar o time do Bola ao Centro

CLIQUE NOS ANÚNCIOS DO NOSSO CANAL NO YOUTUBE
PARA O "BOLA AO CENTRO" CONTINUAR
PRODUZINDO VIDEOS COM QUALIDADE DE IMAGEM E AÚDIO
0
© Getty Antes de ser presidente da Fifa, Joseph Blatter conduziu sorteio da Copa de 1994

O empresário Benny Alon acusa os sorteios da Copa do Mundo de serem manipulados, segundo reportagem assinada por Jamil Chade, colaborador dos canais ESPN, no jornal "O Estado de S.Paulo". O executivo trava uma batalha judicial contra a Fifa e ajuda nas investigações da Justiça suíça.

Um dos casos citados por Alon aconteceu no Mundial de 1994, nos Estados Unidos. "Um dia antes do sorteio, estava com os organizadores que me confirmavam a pressão do México para jogar em Orlando. Não sei como fizeram com as bolinhas. Mas a realidade é que o pedido foi atendido", disse.

O desejo dos mexicanos seria em virtude da proximidade do país com Orlando. Na ocasião, a seleção caiu no grupo E, com Irlanda, Itália e Noruega, e fez uma partida na cidade da Flórida. Na chave F, contudo, Bélgica e Holanda atuaram duas vezes no Citrus Bowl, em Orlando.

Segundo a reportagem, a Fifa foi procurada para responder às denúncias, mas não se pronunciou. O ex-presidente da entidade, Joseph Blatter, que foi o "homem das bolinhas" no sorteio em 1994, contudo, disse em entrevista, no último mês de junho, que nunca houve manipulação em Mundiais.

Fonte: MSN Esportes
0
© Getty Elias, Miranda e Gil durante a eliminação brasileira na Copa América Centenário
 
O fiasco na Copa América Centenário, com eliminação na primeira fase em um grupo com Equador, Haiti e Peru, tirou duas posições do Brasil no ranking da Fifa, que divulgou sua atualização de julho nesta quinta-feira. A seleção, que estava na sétima colocação, agora é nona colocada.

As cinco primeiras colocações seguem inalteradas, com a Argentina na liderança, seguida, na ordem, por Bélgica, Colômbia, Alemanha e Chile. A seleção de Portugal, campeã da Eurocopa, ganhou duas posições e agora está no sexto lugar, a frente da vice França, que subiu dez postos.

Completam o top 10, além do Brasil, a Espanha, na oitava colocação, após também perder duas posições, e a Itália, eliminada nas quartas de final da Eurocopa, que subiu dois lugares. Após a ótima campanha na Eurocopa, País de Gales subiu 15 colocações e agora é 11º.

Outra sensação do torneio europeu, a Islândia subiu 12 colocações e tem o melhor ranking de sua história, na 22ª colocação, uma atrás da Áustria, que decepcionou na Eurocopa e perdeu 11 postos após a eliminação, sem vitórias, ainda na primeira fase.

A próxima atualização do ranking da Fifa será publicada no dia 11 de agosto. Veja abaixa o top 10 de julho:
1. Argentina - 1585
2. Bélgica - 1401
3. Colômbia - 1331
4. Alemanha - 1319
5. Chile - 1316
6. Portugal - 1266 (+2)
7. França - 1189 (+10)
8. Espanha - 1165 (-2)
9. Brasil - 1156 (-2)
10. Itália - 1155 (+2)

Fonte: MSN Esportes
0

Vovô aproveita chance nos minutos iniciais da partida e, com gol de Rafael Costa, garante os três pontos dentro de casa. Tricolor tem boa atuação, cria oportunidades, mas não tem eficiência nas finalizações.

O que vale é bola na rede
No futebol, o que vale é bola na rede. Vence não só quem cria, mas quem consegue ser eficiente dentro de campo. O jogo entre Ceará e Bahia, neste sábado, mostrou bem isso. Nos primeiros minutos de jogo, duas boas oportunidades. No primeiro lance, Hernane desviou de cabeça, e Éverson fez uma defesa. Aos três minutos, em falta para o Ceará, Rafael Costa mandou para o fundo das redes. O Vozão, mais eficiente, conseguiu manter o placar até o final do jogo - o Tricolor teve um gol anulado na etapa final - e comemorou bastante o triunfo por 1 a 0 no Castelão. Triunfo da eficiência na noite de sábado.

Primeiro tempo
O primeiro tempo foi bem movimentado no Castelão. Se deu bem quem soube aproveitar a oportunidade criada. No primeiro minuto, Hernane desviou de cabeça e Éverson fez grande defesa. Na resposta do Ceará, Rafael Costa, também de cabeça, abriu o placar em falha do zagueiro Lucas Fonseca. Após o gol, o duelo se equilibrou e as duas equipes tiveram chance de marcar. Os goleiros se destacaram.

Segundo tempo
Com a necessidade de vencer, o Bahia voltou do intervalo ainda mais ofensivo. O Tricolor teve boas oportunidades. Em uma delas, Hernane chegou a marcar, mas o auxiliar apontou impedimento do atacante. Ao mesmo tempo em que se lançava ao ataque, o Tricolor deu espaços na defesa, e aí o Ceará aproveitou. O Vozão teve diversas chances de ampliar o placar, mas esbarrou em Jean, que evitou o pior para o Bahia.

Público e renda
Público pagante: 17.428
Renda: R$ 247.033,00

Fonte: Globo Esporte
0

Leão do Pici sai vaiado no fim da primeira etapa, mas melhora após o intervalo
e consegue a virada. Rosinei e Pio balançam as redes para os mandantes.

Quem tiver acompanhado apenas o primeiro tempo de Fortaleza x ASA no Castelão, irá se perguntar como os donos da casa conseguiram a virada. Seja lá o que o técnico Marquinhos Santos tiver conversado com seus jogadores no intervalo, surtiu efeito. Após um primeiro tempo apático, os donos da casa, que saíram atrás no placar, correra atrás do prejuízo, melhoraram de rendimento e viraram o jogo, retomando a liderança do Grupo A da Série C do Brasileirão. Neste domingo (3), vitória do Fortaleza sobre o ASA por 2 a 1.

Os gols se desenharam nas bolas áreas. De cabeça, João Paulo marcou o primeiro para o ASA. No começo do segundo tempo, Rosinei deixou tudo igual no Castelão. A virada veio dos pés de Pio, na sequência de boas chegadas do Fortaleza.

O Leão do Pici chegou a 14 pontos e retomou a liderança na tabela. Os alagoanos seguem com 12 e caem para a terceira posição. Na próxima rodada, o ASA encara o Botafogo-PB no domingo (10), no Almeidão, a partir das 16 horas. O Fortaleza visita o Remo também no domingo (10), às 18h30.

O jogo

O duelo entre os líderes do Grupo A começou quente. Em dois minutos, Fortaleza e ASA chegaram bem ao ataque na Arena Castelão. Mas o fogo foi de palha. Pelo menos até os 24 minutos, quando o cruzamento de Alex Travassos encontrou João Paulo, livre, para cabecear para o fundo das redes de Ricardo Berna. A torcida dos donos da casa se irritou. Vaiou as saídas erradas de bola, cobrou movimentação, atitude... Mas no primeiro tempo, o placar não mudou. Por pouco, uma cabeçada de Anselmo não balançou as redes. Por pouco. A vantagem antes do intervalo era alagoana e a vaia da arquibancada era para o Fortaleza.

As vaias viraram aplausos cedo. Com apenas dois minutos, a bola cruzada na área por Willian Simões encontrou a cabeça de Rosinei e, em seguida, o gol de empate do Fortaleza. Os donos da casa melhoraram de rendimento e a torcida reconheceu. A virada veio com Pio, que aproveitou a falha da zaga alagoana e chutou na entrada da área para marcar o segundo do Tricolor. O domínio dos donos da casa foi flagrante na etapa final. O ASA não conseguia, nem de longe, ser tão incisivo quanto foi no primeiro tempo. Com a vitória, o Leão do Pici chegou aos 14 pontos e retomou a liderança do Grupo A. O ASA caiu para terceiro.

Fonte: Globo Esporte
0

Defesa rubro-negra vacila, time da casa aproveita, faz 2 a 1 e joga por empate na volta para seguir na Copa do Brasil.

Público e Renda: O Castelão recebeu 36.213 pagantes, com renda de R$ 900.597,00

Num acordo de patrocínio pontual, o Flamengo jogou exibindo nas costas da camisa uma marca de colchões. E foi mostrando sonolência em alguns momentos – principalmente na defesa –, que o Rubro-Negro perdeu por 2 a 1 para o Fortaleza, nesta quarta-feira, no Castelão, no duelo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Anselmo e Felipe marcaram para o time da casa, enquanto Guerrero deixou o seu para o Rubro-Negro.

E agora? Assim, o Fortaleza vai para o Rio de Janeiro podendo empatar para seguir na Copa do Brasil. Já o Flamengo conseguirá a classificação se vencer por 1 a 0 o jogo de volta, que será no próximo dia 18, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Resultado de 2 a 1 a favor do Rubro-Negro leva a decisão para os pênaltis.

Antes do jogo de volta, o Fortaleza volta ao Castelão neste domingo para enfrentar o Uniclinic, pelo segundo jogo da decisão do Campeonato Cearense. Já o próximo compromisso do Flamengo é pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Sport, dia 14 de maio, em Volta Redonda (RJ).

Fonte: Globo Esporte
0

Por que o título do Leicester é o maior feito da história do futebol mundial?

A incrível conquista do Leicester City na Liga Inglesa, após iniciar a temporada com a cotação de 5.000 para 1 como possível vencedor do título entre os apostadores, rendeu manchetes em todo o mundo nesta terça-feira.

O Leicester conquistou a taça da Liga Inglesa pela primeira vez em seus 132 anos de história na noite de segunda-feira, quando o segundo colocado, Tottenham Hotspur, empatou com o Chelsea, ficando muito atrás do líder com somente dois jogos por disputar.

Os elogios ao Leicester, que esteve à beira do rebaixamento na temporada passada, vieram dos quatro cantos do planeta. A revista France Football deu o título "Leicester consegue o impossível", e a alemã Bild disse: "A maior sensação do futebol da Europa – o milagre do título do Leicester aconteceu".

Artilheiro do Leicester supera 6 companheiros e é eleito o melhor jogador por jornalistas.

É preciso admitir: por motivos que podemos discutir outro dia, volta e meia o jornalismo esportivo abusa de termos como "épico", "histórico" ou "incrível" para adjetivar feitos que, se não são corriqueiros, vão só um pouco além do habitual. Um jogo contra um time medíocre da Bolívia ou do Peru logo vira "épico", uma virada num modorrento campeonato estadual torna-se "histórica" ou "heroica", e por aí vai...

Então, antes de continuar, é bom deixar claro que não acredito estar incorrendo nesse tipo de banalização ao classificar o título inglês conquistado agora pelo pequeno Leicester. Um time de uma cidade com 340 mil habitantes que, no início do campeonato, com o quarto elenco menos valioso do torneio - à frente apenas dos que vieram da segunda divisão -, era candidatíssimo a cair. Cujo artilheiro, hoje com 29 anos, aos 23 anos ainda jogava na 7ª divisão. E com um simpático técnico que, mesmo renomado, só agora, aos 64, vence seu primeiro campeonato nacional.

0

A Odebrecht, construtora do estádio, confirmou a queda de um pedaço do teto no nível 5 da Arena Corinthians na última quinta-feira. O incidente não deixou feridos e exigirá um processo de reparo que tem previsão para durar 15 dias. O material que desprendeu-se da laje de concreto e que cedeu era de gesso e madeira, pesando cerca de meia tonelada (500 kg).

A informação foi revelada pela Folha de S. Paulo.

Ainda de acordo com a Odebrecht, foram tomadas providências no mesmo dia do acidente através da mesma empresa que fez o serviço inicial de instalação do forro.

Ela esclarece ainda que o trabalho não compromete a realização normal de partidas no estádio.

A Arena Corinthians tem custo estimado de mais de R$ 1 bilhão e recebeu a abertura da última Copa do Mundo, realizada no Brasil, em 2014. Ela enfrenta dificuldades para se manter superavitária no momento e segue com negociações para vender o seu naming rights a empresas interessadas.

Existe a expectativa de acordo ainda neste semestre.

O ex-superintendente de futebol alvinegro Andrés Sanchez esteve à frente das conversas e até a publicação da matéria, o Corinthians disse que não contava com informação sobre o assunto.

Confira a nota da Odebrecht abaixo
Uma pequena parte do forro de gesso e madeira, com 9 m x 3,5 m, desprendeu-se da laje de concreto na última quinta-feira, dia 18/02, no lado norte, nível 5, na Arena Corinthians.

No incidente, o material caiu no piso e já foi retirado do local. O reparo está em andamento e será concluído em até 15 dias. Por precaução, empresa que realiza os reparos - a mesma que fez o serviço inicial de instalação do forro - está reforçando a nova estrutura que suportará o forro. Os reparos não atrapalham o uso da arena pelo público".

Fonte: MSN Esportes
0

Depois de sempre ter passado em branco contra Petr Cech, Lionel Messi, enfim, conseguiu marcar contra o goleiro. Com dois gols do argentino, o Barcelona venceu o Arsenal por 2 a 0 em pleno Emirates Stadium, em Londres, nesta terça-feira, e encaminhou a classificação às quartas de final da Uefa Champions League.

Os Gunners até fizeram uma marcação eficiente no trio de ataque formado por Messi, Suárez e Neymar, mas, quando o jogo ficou mais aberto na segunda metade da etapa final, eles tiveram espaço o suficiente para definir a vitória. A jogada do primeiro gol contou com participação efetiva dos três atletas. No segundo, o argentino converteu penalidade sofrida por ele mesmo.

Mesmo sem fazer uma grande atuação, o camisa 10 do Barça acabou com um de seus estigmas, já que, nas seis vezes que atuou contra o goleiro tcheco (todas quando este ainda defendia o Chelsea) nunca havia marcado. No duelo anterior, pela semifinal da Champions de 2011-12, Messi perdeu um pênalti ao mandar no travessão e viu o Barcelona cair para o Chelsea.

Além disso, ele também supera outros dois ‘pesadelos': o mau aproveitamento em pênaltis - havia perdido o seu último - e a falta de gols na Inglaterra. Nos 11 jogos anteriores na Terra da Rainha, ele havia marcado apenas duas vezes.

Agora, os catalães poderão perde em casa por um gol de diferença que mesmo irão passar pelas oitavas de final. O duelo de volta será em 16 de março (quarta-feira), às 16h45 (de Brasília), no Camp Nou.

As duas equipes agora voltarão a campo por suas ligas nacionais no domingo. O Arsenal fará clássico contra o Manchester United no Old Trafford, às 11h05. Já o Barcelona receberá o Sevilla no Camp Nou, às 16h30.

Equilíbrio e nada de gols
Os catalães começaram a partida impondo seu costumeiro domínio de posse de bola, enquanto o Arsenal apostava em uma marcação forte e ataques rápidos. Após 15 minutos sem muita emoção, os mandantes começaram a tirar o espaço do time visitante e passaram a incomodar rodando bem a bola e mostrando velocidade.

Aos 22 minutos, os londrinos desperdiçaram ótima chance. Bellerín chutou, e Daniel Alves desviou. Na sobra, Chamberlain finalizou mal de quase da linha da pequena área e mandou em cima de Ter Stegen.

Os mandantes não conseguiram aproveitar seu melhor momento na etapa inicial e viram o adversário crescer nos cinco minutos finais antes do intervalo. Quando os membros do trio formado por Messi, Suárez e Neymar tiveram mais liberdade, causaram problemas para os ingleses. A melhor oportunidade veio no lance derradeiro do primeiro tempo, com Suárez cabeceando rente à trave direita após cruzamento de Daniel Alves.

Messi resolve
Depois do intervalo, Barça quase abriu o placar com quatro minutos. Neymar arrancou pelo campo de ataque, invadiu a área e parou em boa intervenção de Cech. Na sequência, houve uma alteração. Chamberlain, que se machucou por conta de uma dividida com Mascherano na primeira etapa, deu ligar a Walcott.

A resposta londrina veio aos 14, quando Giroud aproveitou levantamento da esquerda e cabeceou para boa intervenção de Ter Stegen. Aos 21, Suárez finalizou de dentro da área e mandou à direita da meta.

Com o tempo, o duelo passou a ficar mais aberto e mais agitado, com as duas equipes alternando descidas ao campo de ataque. Neste cenário, o trio MSN resolveu.

Aos 26 minutos, Piqué cortou levantamento na área do Barça, e Iniesta mandou a bola para o campo de ataque do jeito que deu. Suárez, então, deu belo passe para Neymar, que acionou Messi. O argentino viu Cech cair e mandou para o fundo da rede.

O placar seria ampliado 12 minutos mais tarde. Mertesacker dominou mal a bola dentro da área, Flamini chegou atrasado na sequência e derrubou Messi dentro da área. O camisa 10 cobrou pênalti no canto direito de Cech - que pulou para o outro lado - e ampliou a vantagem.

O adversário sentiu o golpe e quase viu a equipe azul e grená marcar mais. Porém, Suárez parou na trave, e, posteriormente, Neymar viu Cech defender após cabeceio.

Fonte: MSN Esportes
0

O técnico Dunga acompanhou o sorteio dos grupos da Copa América 2016, realizado na noite deste domingo, em Nova York. Para tratar da possibilidade de contar com o atacante Neymar no torneio continental e nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o treinador planeja viajar à Espanha.

A edição de 2016 da Copa América será disputada entre os dias 3 e 26 de junho, nos Estados Unidos. A Seleção Brasileira integra o Grupo B ao lado de Haiti, Peru e Equador, adversário da estreia, prevista para 4 de junho. Já as Olimpíadas ocorrem de 5 a 21 de agosto, no Rio de Janeiro.

“A Copa América é no final dos campeonatos europeus. Depois, teremos um pouco mais de dificuldade na montagem para as Olimpíadas, porque os jogadores vão estar vindo de férias. A intenção é falar com os clubes na Europa e com os brasileiros para não prejudicar ninguém”, disse Dunga ao Sportv.

Recentemente, Luis Enrique, técnico do Barcelona, prometeu estudar a possibilidade de liberar Neymar para a disputa dos Jogos Olímpicos. Dunga não se comoveu com a notícia e manifestou o desejo de falar pessoalmente com o treinador e com o atacante sobre o tema.

“A gente não conversou. Isso é mais especulação. As pessoas precisam escrever, encher o jornal, cada um diz uma coisa. Muitos nem falaram com o Enrique. Então, precisamos falar pessoalmente com ele, com o Barcelona e com o jogador, que é a peça fundamental, para achar uma solução boa para todos”, afirmou.

Antes de disputar a Copa América e os Jogos Olímpicos, a Seleção ainda tem dois confrontos válidos pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018. Em 25 de março, no Recife, a equipe enfrenta o Uruguai. Quatro dias depois, em Assunção, encara o Paraguai.

“Vamos enfrentar dois jogos difíceis contra Uruguai e Paraguai. Logo em seguida, tem a Copa América e depois as Olimpíadas. É um calendário bastante pesado. Precisaremos conversar muito com os clubes para ver a liberação dos jogadores. Alguns vão estar nas duas competições, então teremos bastante trabalho”, disse Dunga.

Fonte: MSN Esportes
0

Siloé, Bill e Serginho fizeram os gols do Vovô no tempo normal. Não faltou emoção na disputa da Taça Asa Branca, entre Ceará x Flamengo, na Arena Castelão. Diante de 35 mil pessoas, cearenses e cariocas fizeram um jogo espetacular e recheado de gols, com isso o 3 x 3 levou a decisão para as penalidades máximas, quando o time do Mais Querido mostrou eficiência ao vencer por 4 x 3 e levantou a taça, fazendo a festa dos mais de 23 mil alvinegros no estádio.

O Flamengo começou o jogo assustando logo nos primeiros minutos, quando Gabriel perdeu boa chance na área. Depois disso o Ceará passou a atacar mais e Siloé começou a ser bem acionado no ataque. Aos 25 minutos, Guilherme Biteco recebeu na direita e tocou para o camisa 9, que dominou, deu o corte na marcação e chutou no canto direito de Paulo Victor, que não teve reação para evitar o gol do Vozão, abrindo o placar do jogo.

A torcida alvinegra começou a fazer festa nas arquibancadas e o Vovô quase ampliou. Aos 28 minutos, Baraka recebeu ótimo passe e cruzou para Siloé, que não conseguiu aproveitar o lance na pequena área, desperdiçando ótima oportunidade. A resposta do Flamengo veio nos minutos finais da primeira etapa, quando Guerrero recebeu cruzamento e cabeceou para boa defesa de Éverson.

Como o objetivo do jogo era dar ritmo de jogo ao elenco do Ceará, o técnico Lisca mudou toda a equipe para a etapa final e o time que voltou para o segundo tempo foi: Douglas Dias, Robertinho, Salazar, Thiago Carvalho, Sanchez, Ricardo Conceição, Richardson, Serginho, Emanuel Biacucchi, Assisinho e Bill.

Mostrando serviço, logo aos três minutos, Assisinho recebeu na área e chutou cruzado. Bem posicionado, o atacante Bill apareceu muito bem na área e escorou para o fundo das redes: 2 x 0. A ótima vantagem conquistada durou dez minutos, pois Emerson recebeu lançamento na área, driblou o goleiro Douglas Dias e diminuiu na Arena Castelão. No minuto seguinte, Marcelo Cirino recebeu na área, mas se atrapalhou com a bola e desperdiçou.

O 2 x 1 no placar deixou o time do Ceará mais atento, no entanto o Flamengo se motivou mais. Aos 22 minutos, Guerrero recebeu cruzamento e cabeceou forte, obrigando o goleiro Douglas a fazer defesa espetacular. Com 35 minutos, foi a vez de Emerson perder oportunidade clara de gol, após receber cruzamento rasteiro e desviar pelo lado direito do gol.

O empate da equipe do Flamengo veio aos 38 minutos, quando Emerson cruzou rasteiro e Salazar desviou para o próprio gol, marcando gol contra. Três minutos depois, Marcelo Cirino recebeu cruzamento na área e finalizou de primeira, mandando no canto direito do goleiro, virando o placar no Castelão: 3 x 2. O torcedor do Ceará ficou apreensivo, mas a equipe mostrou reação e empatou no minuto seguinte. Serginho tabelou com Bill, que deixou de calcanhar para que o meia pudesse chegar chutando e acertando o ângulo do goleiro adversário: 3 x 3.

Depois do gol, Lisca promoveu mais uma mudança e colocou Roni na vaga de Assisinho, mas não deu tempo para mais nada. Depois do apito final, a decisão foi para os pênaltis e o Vovô mostrou toda a sua eficiência e pontaria, afinal o placar ficou em 4 x 3, com gols de Bill, Richardson, Serginho e Roni. O goleiro Douglas Dias também foi decisivo ao pegar a penalidade de Wallace, além disso, o atacante Guerrero mandou a cobrança no travessão e ajudou o Vovô a assegurar a taça de campeão.

Arbitragem
Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães/CE
Assistente Nº 1: Marcione Mardonio da Silva Ribeiro/CE
Assistente Nº 2: Nailton Junior de Sousa Oliveira/CE

Publico e Renda
Publico Pagante: 34498
Publico Não Pagante: 1000
Publico Total: 35498
Renda: R$ 718.495.00

Fonte: CearaSC
0

Apesar da diretoria do Flamengo ainda estar tentando convencer o Independiente a liberar Federico Mancuello, o clube rubro-negro tem um importante aliado: o lobby do próprio jogador. Em entrevista, o meia afirmou que quer defender o Rubro-Negro.

"Hoje (segunda) está acontecendo uma reunião, e meu representante está falando com diretores do Independiente. Acredito que se possa chegar a um acordo, mas só amanhã (terça) saberei disso. Gostaria de falar só quando tudo se resolver", disse ao Globoesporte.

Questionado sobre sua vontade de jogar pela equipe carioca, Mancuello foi breve, não quis se precipitar, mas deixou no ar seu desejo. "Sim, sim, sim. Disso não tenha dúvida, mas prefiro falar após a reunião."

O Independiente quer US$ 5 milhões (cerca de R$ 20 milhões) para vender 100% dos direitos do jogador. Em dezembro, o Flamengo ofereceu US$ 1,5 milhão (R$ 6 milhões) por 50% dos direitos, mas a proposta foi recusada. Por 50%, os argentinos querem US$ 3 milhões (R$ 12 milhões).

Fonte:  MSN Esportes
0

O Corinthians vai estrear na Libertadores de 2016 em meio a um deserto. A Conmebol divulgou na manhã desta terça-feira a tabela oficial do torneio e confirmou o primeiro jogo do time alvinegro diante do Cobresal, fora de casa.

O ‘problema' para Tite e seus comandados é que o time chileno já avisou que vai mandar seus jogos em o estádio El Cobre del Salvador, que fica entre a Cordilheira dos Andes e o Deserto de Atacama, em um altitude de 2,3 mil metros.

O jogo, que deve ser o pior em termos logísticos para o Corinthians, vai acontecer no dia 17 de fevereiro.

A tabela oficial também confirmou o que já era praticamente certo: as datas dos dois primeiros jogos do São Paulo diante do César Vallejo, na fase prévia. O time tricolor joga em duas quartas-feiras, 3 e 10 de fevereiro.

Na fase de grupos, o primeiro brasileiro a estrear é o Palmeiras, no dia 16, fora de casa. O time alviverde só não sabe o rival e o local do jogo: depende do duelo preliminar entre River Plate (URU) e Universidad de Chile para definir exatamente o cronograma.

Além do Corinthians, Atlético-MG e Grêmio também estreiam no dia 17. Os mineiros vão ao Peru enfrentar o Melgar, enquanto os gaúchos duelam com o Toluca, no México.

Se passar pela fase preliminar, o São Paulo também joga a primeira dos grupos no dia 17. O duelo seria em casa, diante do The Strongest (BOL).

Fonte:  MSN Esportes
0

O ex-presidente Ricardo Teixeira recebeu propinas por 10 anos em contas bancárias na Suíça. A denúncia foi feita por um delator que está colaborando com as investigações do FBI e foi pulgada pelo jornal "O Estado de S. Paulo", que conseguiu documentos da justiça norte-americana, nesta terça-feira.

Nos documentos obtidos pela publicação, o nome do delator não é pulgado. Ele é classificado apenas como "CW1", sigla em inglês para "Cooperating Witness" (testemunha que está cooperando). No entanto, o jornal diz que as investigações apontam que ele tem envolvimento com uma empresa de marketing com sede na América do Sul e filial nos Estados Unidos.

Segundo o FBI, Ricardo Teixeira teria "recebido mais de 20 milhões de francos suíços (US$ 20 milhões) em contas das quais ele era o único beneficiário em propinas da ISL entre 1992 e 2000, em violações ao Código Penal Suíço". Vale lembrar que a ISL era uma empresa de marketing parceira da Fifa que faliu em 2001.

Mesmo depois da falência da ISL, Teixeira continuou recebendo propina, segundo os documentos. Inclusive, o próprio delator teria feito pagamentos ao cartola brasileiro. O ex-mandatário da CBF tinha uma conta no banco UBS de Zurique e um banqueiro fazia parte do esquema.

Fonte:  MSN Esportes
0

A Diretoria de Competições da Federação Cearense de Futebol divulgou a tabela atualizada do Campeonato Cearense Série A 2016.

Cearense Série A 2016: Ver Tabela
0

Há quem dizia que o favoritismo era do Barcelona. Há quem acreditava que sim, mas que o jogo poderia ser mais difícil. Não foi. Com o talento de sempre, Messi, Neymar e Suárez comandaram sem grandes problemas a vitória do time catalão sobre o River Plate por 3 a 0 neste domingo, na final do Mundial de Clubes da Fifa no estádio Internacional de Yokohama, no Japão. O Barça, campeão também em 2009 e em 2011, é, agora, o primeiro tricampeão na competição.

Os espanhóis tiveram dificuldades nos primeiros 15 minutos - e foi só. Os argentinos começaram marcando com muita intensidade e finalizaram três vezes. Mas parou por aí. Depois disso, só deu Messi e companhia, diante de um contra-ataque limitado do River e uma disposição física que já não era a mesma.

A qualidade técnica fez a diferença, e o Barcelona abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo, em linda jogada. Messi trabalhou pelo meio, tocou para Daniel Alves na direita, e o brasileiro deu cruzamento perfeito para Neymar, que ajeitou de cabeça para Messi. O craque argentino levou a bola do pé direito para o esquerdo - com uma ajuda do braço - e chutou.

O River Plate voltou do intervalo de novo marcando adiantado e com intensidade. A diferença é que, ao contrário dos adversários, o time sul-americano não sabia o que fazer com a bola quando conseguia roubá-la.

Já o Barcelona não perdia a chance de pressionar. E foi assim que começou a atropelar os argentinos logo no começo do segundo tempo. O segundo gol saiu cedo, aos quatro minutos, em contra-ataque mortal. Suárez recebeu belo lançamento de Busquets, dominou e ficou cara a cara com o gol, finalizando com toque de pé direito.

Precisando pensar em alguma solução, o River se arriscou e abriu o jogo. Não deu certo. Aos nove minutos, quase saiu o terceiro do Barcelona, mas zagueiro e goleiro salvaram quase na linha. Depois dessa, vieram chances atrás de chances.

E o terceiro gol veio aos 23 minutos, com mais uma assistência de Neymar. Depois de receber a bola de Messi, o craque brasileiro fez cruzamento perfeito para Suárez pelo lado esquerdo. O uruguaio praticamente não precisou pular para fazer mais um, de cabeça.

A primeira e única chance mais clara de gol do River Plate no segundo tempo foi já aos 38 minutos, perto do apito final. Martínez ficou livre na frente do gol e chutou, mas o goleiro Bravo fez bela defesa. A bola ainda esbarrou na trave antes de sair.

O Barcelona poderia ter feito mais, mas esbarrou em tentativas frustradas de Neymar em marcar o seu gol. O brasileiro - ainda fora de ritmo depois de voltar de lesão - não conseguiu deixar o dele e foi substituído por Mathieu aos 44 minutos.

Fonte: MSN Esportes
0