Real chega a 21 vitórias e fica a uma do topo do mundo

Leave a Comment

A torcida marroquina preparou uma enorme festa em Marrakech para receber o Real Madrid, e os merengues retribuíram da melhor maneira possível: com vitória e show. Com mais outra atuação de gala, a equipe não tomou conhecimento do Cruz Azul, goleou por 4 a 0 e, além de aumentar sua espetacular série de vitórias consecutivas para 21, alcançou de quebra a inédita final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA. No sábado, buscará um dos poucos títulos que ainda não tem - e que lhe escapou em 2000, na primeira edição do Mundial - contra o vencedor de San Lorenzo e Auckland City.

getty-images© Getty Images

E, pelo que mostrou logo na primeira aparição no Marrocos, será difícil alguém parar a máquina de Carlo Ancelotti. Até mesmo em um dia em que Cristiano Ronaldo não marcou, tudo funcionou à perfeição. Jogando com extrema tranquilidade - e seriedade -, o atual campeão europeu decidiu a classificação ainda na primeira etapa. Justamente o período em que o Cruz Azul até se arriscou mais no ataque.

Com controle total e mais de 60% da posse de bola, Ronaldo quase marcou no primeiro lance, mas José Corona fez milagre na defesa. E, se os mexicanos até assustaram em dois cruzamentos perigosos da direita, foram mesmo os espanhóis que chegaram ao gol: primeiro com Sergio Ramos subindo mais que a zaga em cobrança de falta perfeita de Toni Kroos e, no final da etapa, com Karim Benzema completando bela jogada de Carvajal.

Outro golpe duro para o valente Cruz Azul veio no pênalti sofrido por Pavone, que Gerardo Torrado – que havia marcado duas vezes contra o Western Sydney Wanderers - cobrou para grande defesa de Iker Casillas. Na volta do intervalo, a vitória se transformou em goleada em um lance até simples, mas que resume este Real avassalador: após rápida tabela com Benzema, Ronaldo só precisou levantar a cabeça pela esquerda e cruzar na medida para Gareth Bale marcar o terceiro.

Estava tudo definido, e Ronaldo resolveu dar seu show: tentou de bicicleta, de chaleira, em cobrança de falta, mas foi decisivo passando para seus companheiros. Isco agradeceu marcando o quarto, um golaço. E ficou por isso mesmo. Este Real que vem fazendo história agora só precisa de mais uma vitória - a mais importante desta série que pode chegar a 22 - para garantir seu lugar no topo do mundo.

Fonte: http://pt.fifa.com/

0 comentários:

Postar um comentário

O QUE É BOM ESTÁ NO BOLA
aqui você ver tudo que acontece no mundo do futebol
Leia na página: "ABOUT" - Termos e Condições - antes de fazer seu comentário