Fortaleza vence o Coritiba por 2 a 1 e com 'gol mais perdido da história'

Leave a Comment

Com 'gol mais perdido da história', Fortaleza larga na frente e vence o Coritiba.

Pense num gol perdido? Não, foi ainda mais perdido. Talvez o gol mais perdido da história, acredite. Exagero à parte - ou não -, o Fortaleza poderia ter conseguido uma vitória com mais folga contra o Coritiba, nesta quarta-feira, na Arena Castelão. No fim, teve de se contentar com o placar apertado de 2 a 1 no confronto de ida pela segunda fase da Copa do Brasil.

Tricolor marca com Wanderson e Adalberto, é superior durante os 90 minutos e tem vantagem no jogo de volta. Coxa precisa vencer por 1 a 0 para se classificar.

RESUMÃO

O JOGO
A partida na Arena Castelão começou estudada, com o Fortaleza impondo o ritmo de jogo e o Coritiba marcando forte e preocupado em se defender. Porém, em falha gritante do zagueiro Leandro Almeida, o meia Wanderson não desperdiçou e abriu o placar. Em desvantagem, o Coxa passou a pressionar o time da casa e chegou ao empate com um golaço de Rafhael Lucas. No segundo tempo, as falhas defensivas seguiram ao lado da equipe alviverde. O estreante Bruno falhou, e Adalberto aumentou o marcador. A partir dos 20 minutos, as equipes caíram de rendimento e o placar não se alterou. Confira a crônica completa.

JOGO DE VOLTA
O jogo de volta está marcado para a próxima quarta-feira, dia 13 de maio, às 22h (de Brasília), no Couto Pereira.

FOI MAL
O goleiro Bruno não estreou com o pé direito. Após ganhar uma chance na equipe titular do Coritiba por conta das falhas cometidas por Vaná durante o Campeonato Paranaense, o camisa 1 falhou no segundo gol do Fortaleza e em um lance incrível do time cearense no primeiro tempo.

LANCE INACREDITÁVEL
Aos 44 minutos, Daniel e Lúcio Maranhão protagonizaram um lance inacreditável. Na falha da defesa alviverde, Daniel desceu com velocidade pela direita, cruzou para Lúcio Maranhão, que sem goleiro, tentou o gol de cobertura, mas acertou a trave. No rebote, Daniel, também sozinho, cabeceou por cima do gol.

NOME DO JOGO
O meia Wanderson foi o grande nome da partida. Além de abrir o marcador na Arena Castelão, o jogador cadenciou o meio-campo do Fortaleza, levou perigo nas cobranças de falta e ainda foi eficiente na marcação.

leão2x1coxa

Fonte: http://globoesporte.globo.com/pr/futebol/copa-do-brasil/jogo/06-05-2015/fortaleza-coritiba/

0 comentários:

Postar um comentário

O QUE É BOM ESTÁ NO BOLA
aqui você ver tudo que acontece no mundo do futebol
Leia na página: "ABOUT" - Termos e Condições - antes de fazer seu comentário