Caiu no alçapão morre - Essa é a escrita do Fortaleza quando joga no Alcides Santos

Leave a Comment

Essa é a escrita do Fortaleza quando joga no Alcides Santos. Não perdoa, pega mata e come. Fazendo valer o verdadeiro caldeirão no Pici o tricolor de aço derrota o Guarani de Campinas por 2 x 0. Jogo com alternativas interessantes,  haja vista que no 1ºtempo o bugre campineiro fez uma marcação muito rígida, não deixou o Fortaleza jogar e teve o controle do jogo, mas tomou vários cartões amarelo comprometendo principalmente o sistema defensivo. Isso foi fatal para as suas pretensões. Para o Fortaleza preocupante os 45min iniciais. Torcida apreensiva. E com razão. 

O empate no período inicial foi justo dada a incapacidade dos dois ataques. No 2º tempo o Fortaleza voltou disposto a ser mais agressivo no ataque. Tinha que correr determinados riscos, mas não havia outra alternativa. Aos 11min fez o primeiro gol com Tatú o que forçou o Guarani a sair para o ataque o que ensejou espaços para o contra ataque. Com Peter bastante insinuante pela direita e forçando jogadas individuais acabou cavando a expulsão de Neto, jogador bastante violento. 

Com um jogador a mais o Leão poderia ter ido um pouco mais longe não fosse a demora nas substituições pelo seu treinador. Entraram Eusébio, Rinaldo e Jonhes. O Guarani teve que tirar um atacante para fechar o espaço com a saída de Neto o que deixou a defesa do Fortaleza mais tranquila. Poderia ter feito pelo menos mais 2 gols. Só fez 1 e assim  mesmo nos acréscimos. É um placar confortável para o jogo da volta, mas poderia ter sido bem melhor dado as circunstâncias do jogo. Valeu! Mais uma vez o alçapão funcionou.

0 comentários:

Postar um comentário

O QUE É BOM ESTÁ NO BOLA
aqui você ver tudo que acontece no mundo do futebol
Leia na página: "ABOUT" - Termos e Condições - antes de fazer seu comentário