Trio MSN brilha, Barcelona atropela o River e se torna 1º tricampeão do Mundial da Fifa

Leave a Comment

Há quem dizia que o favoritismo era do Barcelona. Há quem acreditava que sim, mas que o jogo poderia ser mais difícil. Não foi. Com o talento de sempre, Messi, Neymar e Suárez comandaram sem grandes problemas a vitória do time catalão sobre o River Plate por 3 a 0 neste domingo, na final do Mundial de Clubes da Fifa no estádio Internacional de Yokohama, no Japão. O Barça, campeão também em 2009 e em 2011, é, agora, o primeiro tricampeão na competição.

Os espanhóis tiveram dificuldades nos primeiros 15 minutos - e foi só. Os argentinos começaram marcando com muita intensidade e finalizaram três vezes. Mas parou por aí. Depois disso, só deu Messi e companhia, diante de um contra-ataque limitado do River e uma disposição física que já não era a mesma.

A qualidade técnica fez a diferença, e o Barcelona abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo, em linda jogada. Messi trabalhou pelo meio, tocou para Daniel Alves na direita, e o brasileiro deu cruzamento perfeito para Neymar, que ajeitou de cabeça para Messi. O craque argentino levou a bola do pé direito para o esquerdo - com uma ajuda do braço - e chutou.

O River Plate voltou do intervalo de novo marcando adiantado e com intensidade. A diferença é que, ao contrário dos adversários, o time sul-americano não sabia o que fazer com a bola quando conseguia roubá-la.

Já o Barcelona não perdia a chance de pressionar. E foi assim que começou a atropelar os argentinos logo no começo do segundo tempo. O segundo gol saiu cedo, aos quatro minutos, em contra-ataque mortal. Suárez recebeu belo lançamento de Busquets, dominou e ficou cara a cara com o gol, finalizando com toque de pé direito.

Precisando pensar em alguma solução, o River se arriscou e abriu o jogo. Não deu certo. Aos nove minutos, quase saiu o terceiro do Barcelona, mas zagueiro e goleiro salvaram quase na linha. Depois dessa, vieram chances atrás de chances.

E o terceiro gol veio aos 23 minutos, com mais uma assistência de Neymar. Depois de receber a bola de Messi, o craque brasileiro fez cruzamento perfeito para Suárez pelo lado esquerdo. O uruguaio praticamente não precisou pular para fazer mais um, de cabeça.

A primeira e única chance mais clara de gol do River Plate no segundo tempo foi já aos 38 minutos, perto do apito final. Martínez ficou livre na frente do gol e chutou, mas o goleiro Bravo fez bela defesa. A bola ainda esbarrou na trave antes de sair.

O Barcelona poderia ter feito mais, mas esbarrou em tentativas frustradas de Neymar em marcar o seu gol. O brasileiro - ainda fora de ritmo depois de voltar de lesão - não conseguiu deixar o dele e foi substituído por Mathieu aos 44 minutos.

Fonte: MSN Esportes

0 comentários:

Postar um comentário

O QUE É BOM ESTÁ NO BOLA
aqui você ver tudo que acontece no mundo do futebol
Leia na página: "ABOUT" - Termos e Condições - antes de fazer seu comentário