Corinthians tenta não desmoronar com eliminação em casa pela 3ª vez no ano

Leave a Comment

As últimas duas eliminações do Corinthians, contra Palmeiras e Guaraní-PAR, foram seguidas de quedas profundas no desempenho da equipe. A missão de Tite, depois de cair para o Santos na Copa do Brasil, é não deixar o time corintiano desmoronar outra vez e colocar o Campeonato Brasileiro sob ameaça.

Na avaliação do treinador, há mais maturidade no Corinthians para digerir essa queda depois de oito meses de trabalho. Líder do Brasileirão com vantagem de quatro pontos para o segundo colocado Atlético-MG, o time corintiano também possui a melhor sequência atual da Série A. São 10 vitórias e dois empates nos últimos 12 jogos, o que faz Tite admitir abertamente a possibilidade real de não conseguir manter esse nível no resto da temporada.


De acordo com as perspectivas dele, baseadas no histórico do Brasileiro, o nível de aproveitamento dos líderes não costuma se manter no segundo turno, quando os jogos contra os times da zona de rebaixamento passam a ser mais difíceis. Mas há, por outro lado, alívio porque o calendário no restante do ano fica mais leve sem jogos pela Copa do Brasil.

Há o entendimento da comissão técnica de que o banco de reservas do Corinthians tem carências importantes, o que redobra a necessidade de ter o menor número de desfalques possíveis. Mas os problemas se apresentam: se não bastasse perder Luciano até 2016, Elias se apresenta à seleção brasileira depois de enfrentar a Chapecoense no domingo. Jadson, com edema na coxa direita, foi vetado da partida contra o Santos.

Depois de cair para o Palmeiras no Campeonato Paulista, o Corinthians até então invicto perdeu dois jogos em sequência. Logo em seguida, ao ficar de fora da Copa Libertadores, teve duas derrotas e um empate nos quatro jogos seguintes. Em suma, os dois piores momentos de 2015 vieram após eliminações. Por isso, entre os jogadores, a palavra é maturidade.

"É ser maduro para continuar a batida no Brasileiro. Daqui a pouco vamos perder Elias por mais 3 jogos (para seleção), é hora de maturidade, de saber tomar essa pancada, levantar e seguir porque esamos fazendo um grande Brasileiro", declarou Renato Augusto.

Os próximos quatro jogos pela Série A se apresentam como determinantes para saber qual o efeito que terá a queda na Copa do Brasil. O Corinthians visita a Chapecoense na Arena Condá, recebe o Fluminense, vai até o Allianz Parque enfrentar o Palmeiras e depois tem o Grêmio pela frente em Itaquera.

Fonte: UOL

0 comentários:

Postar um comentário

O QUE É BOM ESTÁ NO BOLA
aqui você ver tudo que acontece no mundo do futebol
Leia na página: "ABOUT" - Termos e Condições - antes de fazer seu comentário