Siloé, Bill e Serginho fizeram os gols do Vovô no tempo normal. Não faltou emoção na disputa da Taça Asa Branca, entre Ceará x Flamengo, na Arena Castelão. Diante de 35 mil pessoas, cearenses e cariocas fizeram um jogo espetacular e recheado de gols, com isso o 3 x 3 levou a decisão para as penalidades máximas, quando o time do Mais Querido mostrou eficiência ao vencer por 4 x 3 e levantou a taça, fazendo a festa dos mais de 23 mil alvinegros no estádio.

O Flamengo começou o jogo assustando logo nos primeiros minutos, quando Gabriel perdeu boa chance na área. Depois disso o Ceará passou a atacar mais e Siloé começou a ser bem acionado no ataque. Aos 25 minutos, Guilherme Biteco recebeu na direita e tocou para o camisa 9, que dominou, deu o corte na marcação e chutou no canto direito de Paulo Victor, que não teve reação para evitar o gol do Vozão, abrindo o placar do jogo.

A torcida alvinegra começou a fazer festa nas arquibancadas e o Vovô quase ampliou. Aos 28 minutos, Baraka recebeu ótimo passe e cruzou para Siloé, que não conseguiu aproveitar o lance na pequena área, desperdiçando ótima oportunidade. A resposta do Flamengo veio nos minutos finais da primeira etapa, quando Guerrero recebeu cruzamento e cabeceou para boa defesa de Éverson.

Como o objetivo do jogo era dar ritmo de jogo ao elenco do Ceará, o técnico Lisca mudou toda a equipe para a etapa final e o time que voltou para o segundo tempo foi: Douglas Dias, Robertinho, Salazar, Thiago Carvalho, Sanchez, Ricardo Conceição, Richardson, Serginho, Emanuel Biacucchi, Assisinho e Bill.

Mostrando serviço, logo aos três minutos, Assisinho recebeu na área e chutou cruzado. Bem posicionado, o atacante Bill apareceu muito bem na área e escorou para o fundo das redes: 2 x 0. A ótima vantagem conquistada durou dez minutos, pois Emerson recebeu lançamento na área, driblou o goleiro Douglas Dias e diminuiu na Arena Castelão. No minuto seguinte, Marcelo Cirino recebeu na área, mas se atrapalhou com a bola e desperdiçou.

O 2 x 1 no placar deixou o time do Ceará mais atento, no entanto o Flamengo se motivou mais. Aos 22 minutos, Guerrero recebeu cruzamento e cabeceou forte, obrigando o goleiro Douglas a fazer defesa espetacular. Com 35 minutos, foi a vez de Emerson perder oportunidade clara de gol, após receber cruzamento rasteiro e desviar pelo lado direito do gol.

O empate da equipe do Flamengo veio aos 38 minutos, quando Emerson cruzou rasteiro e Salazar desviou para o próprio gol, marcando gol contra. Três minutos depois, Marcelo Cirino recebeu cruzamento na área e finalizou de primeira, mandando no canto direito do goleiro, virando o placar no Castelão: 3 x 2. O torcedor do Ceará ficou apreensivo, mas a equipe mostrou reação e empatou no minuto seguinte. Serginho tabelou com Bill, que deixou de calcanhar para que o meia pudesse chegar chutando e acertando o ângulo do goleiro adversário: 3 x 3.

Depois do gol, Lisca promoveu mais uma mudança e colocou Roni na vaga de Assisinho, mas não deu tempo para mais nada. Depois do apito final, a decisão foi para os pênaltis e o Vovô mostrou toda a sua eficiência e pontaria, afinal o placar ficou em 4 x 3, com gols de Bill, Richardson, Serginho e Roni. O goleiro Douglas Dias também foi decisivo ao pegar a penalidade de Wallace, além disso, o atacante Guerrero mandou a cobrança no travessão e ajudou o Vovô a assegurar a taça de campeão.

Arbitragem
Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães/CE
Assistente Nº 1: Marcione Mardonio da Silva Ribeiro/CE
Assistente Nº 2: Nailton Junior de Sousa Oliveira/CE

Publico e Renda
Publico Pagante: 34498
Publico Não Pagante: 1000
Publico Total: 35498
Renda: R$ 718.495.00

Fonte: CearaSC
0

Apesar da diretoria do Flamengo ainda estar tentando convencer o Independiente a liberar Federico Mancuello, o clube rubro-negro tem um importante aliado: o lobby do próprio jogador. Em entrevista, o meia afirmou que quer defender o Rubro-Negro.

"Hoje (segunda) está acontecendo uma reunião, e meu representante está falando com diretores do Independiente. Acredito que se possa chegar a um acordo, mas só amanhã (terça) saberei disso. Gostaria de falar só quando tudo se resolver", disse ao Globoesporte.

Questionado sobre sua vontade de jogar pela equipe carioca, Mancuello foi breve, não quis se precipitar, mas deixou no ar seu desejo. "Sim, sim, sim. Disso não tenha dúvida, mas prefiro falar após a reunião."

O Independiente quer US$ 5 milhões (cerca de R$ 20 milhões) para vender 100% dos direitos do jogador. Em dezembro, o Flamengo ofereceu US$ 1,5 milhão (R$ 6 milhões) por 50% dos direitos, mas a proposta foi recusada. Por 50%, os argentinos querem US$ 3 milhões (R$ 12 milhões).

Fonte:  MSN Esportes
0

O Corinthians vai estrear na Libertadores de 2016 em meio a um deserto. A Conmebol divulgou na manhã desta terça-feira a tabela oficial do torneio e confirmou o primeiro jogo do time alvinegro diante do Cobresal, fora de casa.

O ‘problema' para Tite e seus comandados é que o time chileno já avisou que vai mandar seus jogos em o estádio El Cobre del Salvador, que fica entre a Cordilheira dos Andes e o Deserto de Atacama, em um altitude de 2,3 mil metros.

O jogo, que deve ser o pior em termos logísticos para o Corinthians, vai acontecer no dia 17 de fevereiro.

A tabela oficial também confirmou o que já era praticamente certo: as datas dos dois primeiros jogos do São Paulo diante do César Vallejo, na fase prévia. O time tricolor joga em duas quartas-feiras, 3 e 10 de fevereiro.

Na fase de grupos, o primeiro brasileiro a estrear é o Palmeiras, no dia 16, fora de casa. O time alviverde só não sabe o rival e o local do jogo: depende do duelo preliminar entre River Plate (URU) e Universidad de Chile para definir exatamente o cronograma.

Além do Corinthians, Atlético-MG e Grêmio também estreiam no dia 17. Os mineiros vão ao Peru enfrentar o Melgar, enquanto os gaúchos duelam com o Toluca, no México.

Se passar pela fase preliminar, o São Paulo também joga a primeira dos grupos no dia 17. O duelo seria em casa, diante do The Strongest (BOL).

Fonte:  MSN Esportes
0

O ex-presidente Ricardo Teixeira recebeu propinas por 10 anos em contas bancárias na Suíça. A denúncia foi feita por um delator que está colaborando com as investigações do FBI e foi pulgada pelo jornal "O Estado de S. Paulo", que conseguiu documentos da justiça norte-americana, nesta terça-feira.

Nos documentos obtidos pela publicação, o nome do delator não é pulgado. Ele é classificado apenas como "CW1", sigla em inglês para "Cooperating Witness" (testemunha que está cooperando). No entanto, o jornal diz que as investigações apontam que ele tem envolvimento com uma empresa de marketing com sede na América do Sul e filial nos Estados Unidos.

Segundo o FBI, Ricardo Teixeira teria "recebido mais de 20 milhões de francos suíços (US$ 20 milhões) em contas das quais ele era o único beneficiário em propinas da ISL entre 1992 e 2000, em violações ao Código Penal Suíço". Vale lembrar que a ISL era uma empresa de marketing parceira da Fifa que faliu em 2001.

Mesmo depois da falência da ISL, Teixeira continuou recebendo propina, segundo os documentos. Inclusive, o próprio delator teria feito pagamentos ao cartola brasileiro. O ex-mandatário da CBF tinha uma conta no banco UBS de Zurique e um banqueiro fazia parte do esquema.

Fonte:  MSN Esportes
0

A Diretoria de Competições da Federação Cearense de Futebol divulgou a tabela atualizada do Campeonato Cearense Série A 2016.

Cearense Série A 2016: Ver Tabela
0

Há quem dizia que o favoritismo era do Barcelona. Há quem acreditava que sim, mas que o jogo poderia ser mais difícil. Não foi. Com o talento de sempre, Messi, Neymar e Suárez comandaram sem grandes problemas a vitória do time catalão sobre o River Plate por 3 a 0 neste domingo, na final do Mundial de Clubes da Fifa no estádio Internacional de Yokohama, no Japão. O Barça, campeão também em 2009 e em 2011, é, agora, o primeiro tricampeão na competição.

Os espanhóis tiveram dificuldades nos primeiros 15 minutos - e foi só. Os argentinos começaram marcando com muita intensidade e finalizaram três vezes. Mas parou por aí. Depois disso, só deu Messi e companhia, diante de um contra-ataque limitado do River e uma disposição física que já não era a mesma.

A qualidade técnica fez a diferença, e o Barcelona abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo, em linda jogada. Messi trabalhou pelo meio, tocou para Daniel Alves na direita, e o brasileiro deu cruzamento perfeito para Neymar, que ajeitou de cabeça para Messi. O craque argentino levou a bola do pé direito para o esquerdo - com uma ajuda do braço - e chutou.

O River Plate voltou do intervalo de novo marcando adiantado e com intensidade. A diferença é que, ao contrário dos adversários, o time sul-americano não sabia o que fazer com a bola quando conseguia roubá-la.

Já o Barcelona não perdia a chance de pressionar. E foi assim que começou a atropelar os argentinos logo no começo do segundo tempo. O segundo gol saiu cedo, aos quatro minutos, em contra-ataque mortal. Suárez recebeu belo lançamento de Busquets, dominou e ficou cara a cara com o gol, finalizando com toque de pé direito.

Precisando pensar em alguma solução, o River se arriscou e abriu o jogo. Não deu certo. Aos nove minutos, quase saiu o terceiro do Barcelona, mas zagueiro e goleiro salvaram quase na linha. Depois dessa, vieram chances atrás de chances.

E o terceiro gol veio aos 23 minutos, com mais uma assistência de Neymar. Depois de receber a bola de Messi, o craque brasileiro fez cruzamento perfeito para Suárez pelo lado esquerdo. O uruguaio praticamente não precisou pular para fazer mais um, de cabeça.

A primeira e única chance mais clara de gol do River Plate no segundo tempo foi já aos 38 minutos, perto do apito final. Martínez ficou livre na frente do gol e chutou, mas o goleiro Bravo fez bela defesa. A bola ainda esbarrou na trave antes de sair.

O Barcelona poderia ter feito mais, mas esbarrou em tentativas frustradas de Neymar em marcar o seu gol. O brasileiro - ainda fora de ritmo depois de voltar de lesão - não conseguiu deixar o dele e foi substituído por Mathieu aos 44 minutos.

Fonte: MSN Esportes
0

O Grêmio atendeu às exigências da diretoria do São Paulo e desembolsou a quantia necessária para renovar com o volante Maicon. O jogador terá os direitos comprados por R$ 7 milhões e assinará vínculo de três anos com o clube gaúcho. Metade do pagamento será feito à vista, enquanto o restante será parcelado. As informações são do jornal Zero Hora.


As conversas por Maicon estavam emperradas por conta de divergências entre as diretorias dos times. Os paulistas chegaram a pedir a inclusão de atletas revelados nas categorias de base do clube gaúcho, mas o Grêmio vetou os nomes pretendidos. A oferta de R$ 7 milhões, contudo, foi suficiente para convencer o São Paulo a liberar o volante.

Em entrevista recente, Maicon afirmou que seu desejo era permanecer em Porto Alegre para a disputa da próxima edição da Copa Libertadores. Ele disse que não gostaria de voltar a atuar pelo São Paulo. "Se eu voltar, é só para me apresentar e tentar conversar com a diretoria para ir a outro clube. Até pela forma como eu saí, acho que não tem clima para voltar", declarou, na ocasião, ao Zero Hora.

Fonte:  MSN Esportes
0

O suíço Joseph Blatter voltou a dizer que os 2 milhões de francos suíços (cerca de R$ 8 milhões) pagos a Michel Platini em 2011 foram devido a um "acordo de cavalheiros" feito com o francês. "Envergonhado" com o Comitê de Ética da Fifa pela decisão de suspendê-lo por oito anos, o cartola ainda prometeu recorrer na Justiça Desportiva.

"Vamos usar a Justiça Desportiva para ir além. Vamos de novo ao Comitê e também aos tribunais suíços. Sou um cidadão suíço. Na Justiça Suíça diz que se você é suspenso por oitro anos, é porque cometeu alguma coisa muito, muito importante. Estou envergonhado de que o Comitê está indo contra as evidências apresentadas", afirmou o suíço nesta segunda-feira.

Tanto Blatter quanto Platini foram considerados culpados pelo caso em que o agora ex-presidente da Fifa direcionou 2 milhões de francos suíços (cerca de R$ 8 milhões) a Platini em 2011, por serviços prestados entre 1998 e 2002. O Comitê de Ética da Fifa apostou que nenhum dos dois conseguiu justificar o pagamento e suspendeu ambos por oito anos.

"Vocês podem me definir como um otimista. A pagamento entre o presidente da Fifa e o Platini foi um contrato que não foi terminado. A gente pensou que estava limpo. Foi um acordo de cavalheiros", explicou o cartola.

"O acordo foi feito em 1998 após a Copa do Mundo quando o Platini me disse que gostaria de trabalhar com a Fifa. Ele me disse que era um homem caro, mas eu disse que não podíamos pagar ele naquele momento, pagaríamos depois. Fico atônito de o Comitê de Ética negar a existência desse acordo", acrescentou Blatter.

Os dois já cumpriam suspensão provisória de 90 dias desde o começo de outubro por causa do mesmo caso. No período, foram impedidos de exercer qualquer atividade ligada ao futebol. Agora, Blatter prometeu se defender com Comitê de Apelação e até ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

"Nelson Mandela falava sobre humanidade. E a humanidade precisa que os direitos humanos sejam respeitados. Digo isso pois era o slogan da Copa 2010. E digo isso porque hoje eu recebi a notícia da suspensão. Por que a mídia recebe esse tipo de notícia antes das pessoas envolvidas? Eu não sei. Eu sinto muito pelo futebol. Sinto muito pelos mais de 400 membros da Fifa. Sinto muito por esse tratamento nesse mundo de igualdades humanitárias", continuou o suíço.

ENTENDA O CASO

No dia 8 de outubro de 2015, o Comitê de Ética da Fifa confirmou a suspensão provisória de Blatter e Platini por 90 dias.

A decisão veio dias depois da Promotoria suíça anunciar a abertura de um processo contra Blatter por suspeitas de gestão desleal e abuso de confiança, além de investigar "um pagamento irregular" de dois milhões de francos suíços (cerca de dois milhões de euros no câmbio de hoje) que este fez ao presidente da Uefa, Platini, "em prejuízo da Fifa".

O pagamento em questão foi realizado em 2011, sem o conhecimento dos demais do Comitê Executivo da entidade. Tanto Blatter quanto Platini alegam que o dinheiro era referente ao período de 1998 a 2002, quando o francês atuou como consultor especial.

No período, Platini recebia um salário aproximado de 200 mil francos suíços anuais (R$ 800 mil). Os dirigentes, no entanto, dizem que acertaram um pagamento extra, a ser feito quando possível - Blatter alegou ao francês que a entidade não tinha como transferir todo o montante naquele momento, apesar de um superávit expressivo. A quantia de dois milhões, então, foi paga em nove anos depois, em 2011, meses antes de Blatter ser reeleito para mais um mandato na Fifa - a transferência não apareceu na prestação de contas da entidade.

A dupla admitiu que existiu apenas um acordo de cavalheiros pelo pagamento, sem um contrato formal, mas que era perfeitamente legal à luz das leis suíças. Assim, os dois se declararam inocentes e recorreram da suspensão provisória de 90 dias, mas tiveram os respectivos recursos negados.

Por outro lado, a lei do país europeu, segundo o jornal The Guardian, fixa um período de realização de pagamentos de no máximo cinco anos após o serviço prestado caso não haja um documento oficial.

Em 23 de novembro, o Comitê de Ética da entidade, chefiado pelo alemão Hans-Joachim Eckert, anunciou a abertura de um processo contra os dois por causa do pagamento, dias depois de um relatório de investigação ser finalizado. Oficialmente, eles foram acusados de corrupção, conflito de interesses, contabilidade falsa e por falta de cooperação com o comitê.

Na última quinta-feira, Blatter compareceu à sessão do Comitê de Ética da Fifa para fazer sua defesa. Perante a quatro juízes, ele fez esclarecimentos por oito horas. Mais tarde, declarou em nota que as evidências apresentadas o inocentariam. Já Platini enviou apenas seus advogados, em protesto por considerar que já foi declarado culpado pelo órgão.

Fonte:  MSN Esportes
0

Se Joseph Blatter fez Mandela se revirar no túmulo usando Madiba para se defender, o francês Michel Platini atacou a decisão do Comitê de Ética da Fifa, de banir ele e o suíço por oito anos do futebol, na manhã desta segunda-feira, e prometeu recorrer.

O suíço alegou que o pagamento de 2 milhões de francos suíços (cerca de R$ 8 milhões) a Michel Platini, em 2011, foi devido a um "acordo de cavalheiros" feito com o eterno craquê francês. Blatter se disse envergonhado e prometeu recorrer na Justiça. Para o Comitê de Ética da Fifa, porém, nenhum dos dois conseguiu justificar o pagamento, e por isso ambos foram considerados culpados e suspensos.

"Estou convencido que minha sorte já estava lançada antes da audiência do dia 18 de dezembro e que esse veredito não é mais do que o revestimento patético de uma vontade de me eliminar do mundo do futebol. Estou em paz com minha consciência. Vou recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS) e, chegando o momento, à justiça civil, para ser indenizado por todo o prejuízo sofrido durante longas semanas", disparou Platini.

Uefa defende: Já a entidade máxima do futebol europeu, que era comandada pelo eterno craque francês, afirmou confiar na inocência do dirigente. "Naturalmente, a Uefa está extremamente desapontada com essa decisão, mas que ainda é passível de apelação. Mais uma vez, a Uefa apoia Michel Platini nesse processo e na oportunidade de limpar seu nome", diz comunicado da entidade.

Fonte:  MSN Esportes
0

A Série B do Campeonato Brasileiro 2015 foi concluída neste domingo. O Ceará, que passou praticamente toda a competição frequentando da zona de rebaixamento, escapou da degola justamente na última rodada, ao vencer, em casa, o Macaé por 1 a 0.

E com este resultado, quem caiu foi o Macaé, juntamente com o ABC, Boa Esporte e Mogi Mirim.

Os clubes que garantiram presença e estão festejando o acesso à Série A são Botafogo, Santa Cruz, Vitória e América-MG.

Éverson salva duas vezes, Rafael Costa marca e Ceará fica na Série B! Macaé é rebaixado. Alvinegro de Porangabuçu vence time do Rio de Janeiro, por 1 a 0, segura pressão na reta final do jogo, e conquista permanência na Segundona. Alvianil luta, mas não consegue empate.
 
Em jogo de muita emoção, o Ceará parou o Macaé e venceu por 1 a 0, com gol de Rafael Costa. Depois de um primeiro tempo regular, o Vovô foi pressionado na reta final da partida e teve em Éverson, o seu salvador. Em duas bolas, no últimos cinco minutos, ele impediu que o Macaé fizesse o gol do empate e escapasse.
 
 Mais de 45 mil pessoas pagaram ingresso para assistir a Ceará x Macaé. Poucos espaços ficaram vazios no estádio durante a partida. E na base do cântico, do grito e da empolgação, a torcida empurrou o Vovô para a vitória.
 
O time do Rio de Janeiro chegou a brigar pelo G-4, lutou em todo o campeonato, deu pinta de poderia até brigar pelo acesso. Mas acabou caindo de produção e chegando à última rodada ameaçado de queda. E caiu... Caiu estando apenas durante três rodadas na zona de rebaixamento.

Éverson salvou duas bolas nos últimos cinco minutos de jogo. E com isso, garantiu a vitória alvinegra na Arena Castelão. Desde que veio para o Ceará, o goleiro vem se destacando na competição e fazendo grandes exibições.

Fonte: Globo Esporte
0

Apesar do alto risco de rebaixamento, técnico diz ter certeza da permanência na Série A e crê nas derrotas dos concorrentes diretos Avaí, Figueirense e Coritiba na rodada.
 
Restam apenas duas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Vasco segue três pontos atrás dos concorrentes fora do Z-4, não depende só das suas forças e o risco de rebaixamento continua alto - 87% segundo cálculos do matemático Tristão Garcia. Mas a confiança de Jorginho resiste inabalável.

O técnico disse acreditar nas derrotas dos adversários diretos Avaí, que recebe a Ponte Preta na Ressacada, Figueirense, que visita o São Paulo no Morumbi, e Coritiba, que vai à Arena Palmeiras enfrentar os reservas dos donos da casa, pois os titulares serão poupados para a final da Copa do Brasil. O comandante previu a salvação cruz-maltina no sufoco e, questionado se tem certeza da permanência na Série A, não titubeou na resposta.

Como os jogos do Avaí e do Figueirense são no sábado, e em horários diferentes, Jorginho garantiu que vai acompanhar os concorrentes. Mas, antes de pensar nas outras partidas da rodada, o treinador disse já ter estudado os reservas do Santos, que assim como o Palmeiras vai poupar a equipe para a decisão da Copa do Brasil quarta-feira e sequer viajou ao Rio de Janeiro com os titulares. O comandante vascaíno acredita que a base do time será a mesma que perdeu por 1 a 0 para o Coritiba no último domingo, no Couto Pereira.

Já em relação à escalação do Vasco, Jorginho despista, mas não tem muito o que esconder. Na defesa, Rafael Vaz é o substituto natural do suspenso Luan. No meio de campo, a tendência é que Serginho siga ao lado de Diguinho. A dúvida é no ataque: Rafael Silva ou Jorge Henrique ao lado de Riascos? O técnico faz mistério e abre possibilidade para escalar até mesmo os dois juntos logo de cara.

Com 37 pontos e na 18ª colocação, o Vasco recebe o Santos às 17h (de Brasília) deste domingo, em São Januário. No mesmo dia, só que uma hora mais tarde, o Coritiba pega o Palmeiras na Arena Palmeiras. Figueirense a Avaí jogam no sábado: o primeiro encara o São Paulo às 17h no Morumbi, e o segundo enfrenta a Ponte Preta às 21h na Ressacada. É secar e ganhar.

Fonte:  Globo Esporte
0

A partida deve definir o último rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro 2015.

Mogi, Boa Esporte e ABC já se foram...

A decisão pela permanência na Série B do Campeonato Brasileiro promete. A expectativa, inclusive, é de casa cheia. Na noite desta quarta-feira, mais de 22 mil ingressos já haviam sido vendidos para o duelo entre Ceará e Macaé, pela última rodada. O vencedor seguirá no torneio em 2015. O perdedor tem tudo para ser rebaixado. O Leão pode ficar mesmo com a derrota, em caso de tropeço do Oeste, que pega o Paysandu na rodada.

A intenção do Ceará é colocar 40 mil torcedores no Castelão, visando empurrar a equipe diante do Macaé. Para os interessados, os bilhetes custam entre R$ 120, o setor Premium, e R$ 40 as arquibancadas superiores.

Na tabela de classificação, o Ceará está dentro da zona de rebaixamento, com 42 pontos, a um do Oeste, primeiro time fora do descenso, e do Macaé, 15º.

Fonte:  Futebol Interior
0

A briga pela permanência na Série B do Campeonato Brasileiro está próxima de ter um desfecho. Neste sábado, os dois candidatos ao rebaixamento, Macaé e Ceará, vão se encontrar no Castelão, em Fortaleza. O treinador Toninho Andrade, da equipe carioca, reconhece a dificuldade de jogar fora de casa, mas segue esperançoso para sair de lá com o objetivo alcançado.

- São vários problemas, no jogo mais importante do ano do Macaé, o time, infelizmente, sofreu perdas consideráveis, mas é o que temos conversado muito é que agora é a hora de valorizarmos o grupo e os jogadores que estão viajando para Fortaleza. Sabemos da dificuldade que vai ser o jogo e que o Ceará precisa da vitória pra se manter na série B - disse o treinador em entrevista concedida a Rádio Brasil.

Os problemas mencionados são as ausências confirmadas de Douglas Assis, suspenso, Wagner Carioca, Fernando Neto, Gedeil, Frauches, Igor Julião, Murilo e Anderson Manga, todos lesionados. Além deles, Rafael pode ser ourto desfalque. O goleiro será julgado pelo STJD, após ter sido expulso na derrota para o Vitória , pela 34ª rodada do campeonato. As ausências, no entanto, não são motivos para lamentar.

- Não está na hora de lamentarmos, está na hora de valorizar todos os jogadores. Vai ser um jogo difícil e não sabemos se vamos ganhar ou perder, isso é outra história. Os jogadores vão entrar e vão dar o seu máximo para que o Macaé possa permanecer na Série B - disse Toninho Andrade.

O treinador, que está há menos de um mês à frente do Macaé, disse não se arrepender de ter assumido o clube carioca.

- Quando eu vim pra cá eu vim consciente das dificuldades, ciente do que poderia acontecer, não me arrependo de ter vindo, já conheço as pessoas, a direção. Tenho um carinho enorme e vou fazer o melhor possível para que o Macaé possa permanecer na Série B - revelou.

Para permanecer na segunda pisão do Campeonato Brasileiro, o Macaé joga por um empate e o treinador Toninho confirma ter interesse em continuar no comando da equipe na próxima temporada e falou sobre sua situação contratual com o clube.

- O Macaé tem interesse que o Toninho Andrade permaneça e o treinador Toninho Andrade tem interesse em permanecer. Se alguma coisa mudar, faz parte do futebol, mas, hoje, vejo um interesse dos dois lados para que o trabalho continue - afirmou

- O presidente falou dos jogos do Campeonato Brasileiro, mas deixou uma situação encaminhada para o Campeonato Carioca, mas eu não quero tratar nada disso antes de resolver a situação do Macaé. Depois disso, vamos sentar com o presidente, vou deixá-lo muito a vontade para que possa definir com tranquilidade o que vai acontecer. Primeiro vamos pensar na permanência do Macaé na Série B - concluiu.

Fonte:  Extra globo.com
0

Após passar por alguns contratempos, a renovação de contrato entre Neymar e Barcelona finalmente está bem encaminhada. O vínculo atual dura até 2017, e o novo garantiria o camisa 11 na equipe catalã até 2021. Mas, para manter o atacante brasileiro por esse período, o clube deverá pagar salários em torno de 15 milhões de euros (R$ 60 mi) por ano, ou seja R$ 5 milhões por mês.

Quando o contrato for assinado, Neymar se tornará o terceiro jogador de futebol mais bem pago do planeta, atrás apenas dos astros Lionel Messi (R$ 147 mi por ano só de salários) e Cristiano Ronaldo (R$ 107,8 mi), que vêm se revezando como ganhadores da Bola de Ouro.

Segundo informações do jornal Marca, tal vínculo será firmado ainda em 2015, uma vez que o diretor esportivo do Barça, Robert Fernández, confirmou que as negociações já estão avançadas.
Um dos únicos entraves restantes é o valor da multa rescisória, que no contrato atual é de 180 milhões de euros (aproximadamente R$ 720 mi) e o Barcelona quer que seja elevada no novo vínculo para 1 bilhão de euros (quase R$ 4 bi), mas o estafe do jogador prefere mantê-la em até 250 milhões de euros (R$ 1 bi).

A negociação também pode ter se acelerado devido a declarações recentes do pai de Neymar, que gerencia sua carreira, dizendo que, caso ambos sigam tendo problemas fiscais na Espanha, poderiam buscar novos ares para uma vida econômica mais tranquila, como o Manchester United, que já chegou a fazer proposta pelo atleta na última janela de transferências. A dupla é investigada por fraude fiscal em duas frentes no país: na capital Madri e em Barcelona, por suspeita de desvio de dinheiro em sua transação do Santos para o Barça e sonegação de impostos, além de processo que corre no Brasil.

Fonte:  MSN Esportes
0

O presidente demissionário da Fifa, Joseph Blatter, comparou a ação da Comissão de Ética da entidade aos tempos da inquisição, depois de ser suspenso de forma provisória por 90 dias por suspeitas de corrupção.

"Como bom cristão, tenho que dizer que o que a Comissão de Ética está fazendo comigo é como uma inquisição", afirmou o cartola, citado pela agência ATS News Agency.

Nesta quarta-feira, o suíço também deu entrevista à SF DRS TV, na qual usou novamente um tom irônico para se defender das acusações que pesam contra ele.

"Não sou eu que tenho tenho que provar minha inocência", alegou. "Não sou um homem mau", sentenciou.

Além da suspensão pela Comissão de Ética da Fifa, o cartola está sendo investigado pela justiça suíça por "gestão desleal", por ter vendido direitos de transmissão da Copa do Mundo a valores abaixo do mercado.

O suíço também é alvo de acusações por conta de um pagamento de 1,8 milhão de euros ao francês Michel Platini, presidente da Uefa e candidato à sua sucessão na Fifa, que também foi suspenso por 90 dias.

Na segunda-feira, Blatter chegou a afirmar, em outra entrevista, à TV suíça RTS, que "Platini é um homem honesto".

O dirigente ainda disse que se viu "perto da morte" quando teve o incidente de saúde que o deixou internado por uma semana no início do mês.

"Eu estava perto entre anjos cantando e o diabo ascendendo a fogueira, mas os anjos acabaram cantando mais alto", desabafou o suíço de 79 anos.

Fonte:  MSN Esportes
0

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, entregou nesta quinta-feira, durante reunião do Comitê Executivo da Conmebol, uma carta de renúncia ao Comitê Executivo da Fifa. Fernando Sarney, vice-presidente da CBF, foi indicado por Del Nero para ser seu substituto e foi aceito pelos dirigentes sul-americanos. A confirmação oficial da entrada de Sarney na Fifa se dará na próxima reunião em Zurique, semana que vem.

Del Nero assumiu a cadeira na Fifa após a renúncia de Ricardo Teixeira, em 2012. Mas decidiu não sair mais do Brasil desde que José Maria Marin, ex-presidente da CBF, foi preso em Zurique, às vésperas da eleição da Fifa, por ser acusado de receber propina.

Del Nero não tem nome citado nas investigações do FBI, mas um co-conspirador com as mesmas credenciais dele até então - dirigente da CBF, da Conmebol e da Fifa - teria pedido o dinheiro do suborno recebido por Marin.

Os cartolas sul-americanos ainda estão reunidos na CBF, onde chegaram às 9h, e também almoçaram na entidade.

Novo representante sul-americano na Fifa, Fernando Sarney - filho do ex-presidente José Sarney - tem 60 anos e é vice da CBF para a região Norte.

Fonte:  MSN Esportes
0