Pisão nas nádegas

Por 'pisão nas nádegas', Valdivia pode levar gancho de 12 jogos; STJD pede imagens.

valdivia© Gazeta Press Valdivia pisou em Amaral e recebeu o cartão vermelho direto.

O árbitro de Palmeiras e Flamengo relatou na súmula da partida o pisão de Jorge Valdívia em Amaral, no qual o chileno do Palmeiras acabou expulso, e pode complicar a situação do jogador no STJD.

"Expulsei, diretamente, aos 37 minutos do segundo tempo, o atleta número 10, Sr. Jorge Luís Valdívia Toro, do Palmeiras, por pisar na nádega do adversário, numero 40, Sr. Mauricio Azevedo Alves, do Flamengo, enquanto o mesmo estava deitado no solo e a partida estava paralisada para uma falta à favor do Flamengo. O atleta atingido não necessitou de atendimento médico e prosseguiu normalmente a partida. O atleta expulso saiu de campo normalmente", relatou Anderson Daronco.

O relato pode complicar a volta do atleta ao clube alviverde, que pode ser denunciado no Artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, no qual está prevista a punição de quatro a doze jogos por "Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente".

O procurador do STJD, Paulo Schmitt, solicitou as imagens para definir em qual artigo do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) o camisa 10 será enquadrado.

Após a partida, o chileno pediu desculpas e implorou para o STJD: "Agora é só esperar a punição, que não seja tão dependente de tudo que envolve o meu nome. Não sei o que vai acontecer, mas peço desculpas e espero voltar a jogar muito em breve", disse.

Valdívia voltou a jogar após ficar exatamente um mês longe dos gramados por conta de uma lesão. A última partida do atleta tinha sido em 17 de agosto, no clássico diante do São Paulo. Antes disso, o chileno disputou a Copa do Mundo e não jogava pelo alviverde desde o início da preparação para o Mundial.

Leia Mais...

Rogério Ceni enfrenta Corinthians pela última vez

Rogério Ceni chegou a viajar à capital paranaense mesmo com quadro de tendinite no joelho esquerdo, mas foi vetado pelo departamento médico do São Paulo porque ainda se queixava de dores na quarta-feira. Dores que ameaçam sua participação também no duelo de domingo com o Corinthians.

ceni© Gazeta Press Jogadores do Corinthians comemoram o gol da vitória, feito por Renato Augusto; à frente, Rogério Ceni, desolado.

"Para o Rogério vir e não jogar é porque é sério, pelo que conheço dele, de muitos anos, porque ele dificilmente fica fora de um jogo", disse o técnico Muricy Ramalho.

Na véspera da derrota por 3 a 1 para o Coritiba, a qual fez questão de ver do banco de reservas, o goleiro saiu mais cedo do treino e foi para as dependências internas do CT da Barra Funda. No hotel em que a delegação se hospedou, em Curitiba, ele realizou tratamento fisioterápico, mas a recuperação não foi satisfatória.

Ao retornar para a capital paulista, nesta quinta-feira, Ceni dará continuidade no trabalho de recuperação a fim de reunir condições para atuar no clássico. Caso contrário, seu substituto mais uma vez será Denis. Já a braçadeira de capitão, utilizada pelo volante Denilson em sua ausência, pode ficar com o meia Kaká, que voltará à equipe depois de cumprir suspensão.

Essa é a última oportunidade de Ceni de enfrentar o maior rival do São Paulo na carreira. Ele já confirmou que se aposentará ao final do contrato, em dezembro. Foi sobre o Corinthians que ele marcou um de seus gols mais marcantes, o centésimo, em partida na Arena Barueri. O estádio do ABC paulista foi palco também do empate do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Apesar de entender a seriedade, Muricy não descarta a presença do goleiro no domingo. "É um profissional que se cuida muito, que tem uma recuperação muito boa. Mas é difícil falar, porque é um problema médico. Esse tipo de contusão é séria, ainda mais complicado para ele, que joga muito com os pés. Mas é um jogador que se recupera rapidamente", concluiu.

Leia Mais...

Quem tem boca fala o que quer

Neymar, sobre boatos do corte de Maicon: 'Quem tem boca fala o que quer'

neymar© Reuters

Em 24 horas, a vida da seleção brasileira virou um caos nos Estados Unidos. Depois do comunicado do corte de Maicon, que inicialmente foi explicado por "problemas internos", diversas teorias foram veiculadas nas redes sociais, tomando proporções não esperadas.

Algumas delas envolviam outros jogadores, especialmente Elias. Uma das versões falava de uma relação homossexual  entre os dois, que teria resultado na saída do atleta da Roma. Somente após a notícia sair em grandes meios de comunicação com a informação de que o lateral havia sido desligado por um atraso é que os boatos cessaram.

Capitão da equipe, Neymar falou sobre o assunto depois do treino desta segunda-feira, em Nova Jersey, véspera do amistoso contra o Equador.

"Quem tem boca fala o que quer. A gente já está bem acostumado com isso. Já falaram muito sobre a minha vida e de outros aqui, e a gente não liga para isso. Tem muito jornalista mal informado, escreve matéria que acaba prejudicando a vida do jogador. Ele não sabe a verdade. O dia que souber, vai colocar a matéria certa. Acho que a comissão passou o que tinha de passar e é isso", afirmou o camisa 10.

"A gente sabe o que a gente quer. A gente sabe dos nossos compromissos", completou o jogador, sobre o corte de Maicon ter virado exemplo para o grupo, de uma nova filosofia.

O capitão da seleção brasileira disse que conversou com o lateral logo depois da notícia do corte, em seu quarto, mas não deu detalhes.

Leia Mais...

Copa de 2022

Fifa inicia conversas sobre mudanças no calendário para Copa de 2022.

sde da fifa

Uma força-tarefa criada pela Fifa para analisar possíveis mudanças no calendário internacional a partir de 2018 teve seu primeiro encontro nesta segunda-feira na sede da entidade, em Zurique, na Suíça. O líder do movimento, Sheikh Salman Bin Ebrahim Al Khalifa, foi o responsável por falar nesta primeira reunião e fez uma explanação de suas primeiras observações sobre o trabalho que tem feito junto ao secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke.

Os dois estão trabalhando principalmente ao redor da Copa de 2022, que pode mudar de data especificamente por conta do verão de altas temperaturas no Qatar, sede do torneio. Eles podem dar opções acerca de prováveis mudanças no calendário e fizeram suas primeiras observações nos últimos meses.

- Essa é apenas a primeira reunião. Como o Comitê Executivo da Fifa enfatizou, esse processo de observação não deve ser apressado. Temos que ter o tempo necessário para tomar nota de todos os elementos relacionados à decisão. Esse encontro foi muito proveitoso e vamos seguir trabalhando para achar a melhor solução para o futebol - explicou Al Khalifa.

Leia Mais...

Blatter diz que quer implantar sistema de 'desafio'

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou nesta segunda-feira que quer implantar um sistema de desafio semelhante ao usado nos jogos da NBA e NFL, com o auxílio da televisão para acabar com as dúvidas durante as partidas.

Joseph Blatter

De acordo com o suíço, os técnicos ganharão permissão para desafiar as decisões de árbitros e banderinhas durante as partidas. Caso seja necessário, o lance será revisto em um monitor de TV, que pode corroborar ou alterar a decisão do juiz.

Caso seja aprovado pela entidade máxima do futebol, o sistema já pode ser testado na Copa do Mundo sub-20 da Nova Zelândia, do ano que vem. Campeonatos que queiram testar o produto também terão apoio da Fifa.

"Quero que treinadores tenham o direito de pedir o desafio uma ou duas vezes em cada tempo, mas somente quando a partida estiver parada", disse Blatter, durante participação na conferência Soccerex, em Manchester, Inglaterra.

"Aí, entra em ação um monitor, no qual árbitro e treinador observarão o lance novamente, o que pode fazer o árbitro mudar de ideia, como ocorre no tênis e no vôlei", completou o presidente.

Outros esportes que usam a televisão para tirar dúvidas da arbitragem são o vôlei, o rúgbi e o beisebol.

Leia Mais...

Ceará 3 x 4 Botafogo - copa do brasil 2014

Gols, apagão, polêmicas e virada heroica: Bota bate Vovô e se classifica. Time vence por 4 a 3 com dois gols no fim e pega Santos nas quartas de final com bom público no Castelão em jogo com queixas de arbitragem.

copabrasil-2014

Botafogo marca dois gols no fim, arranca virada heroica e elimina Ceará. Teve de tudo no Castelão na noite desta quarta-feira, em Fortaleza. Teve bom público – 37.794 pagantes (38.949 presentes), com renda: R$: 828.148. Teve polêmica na arbitragem, com um pênalti em Emerson Sheik não marcado e um gol mal anulado do Ceará. Teve apagão no Castelão, que ficou iluminado pelos celulares por 22 minutos. Teve pixotada do goleiro Andrey, que parecia ter sido decisiva. E teve emoção e virada dos dois lados, numa partida que terminou com vitória heroica, histórica, do Botafogo por 4 a 3, com gols aos 49 e 50 minutos do segundo tempo, que lhe deram a classificação no duelo com o Ceará – no primeiro jogo pela Copa do Brasil, no Maracanã, o time cearense vencera por 2 a 1.

Os gols foram de Bill (2) e um de Magno Alves para o time da casa e Edílson, Yúri Mamute, Ramírez e André Bahia para o Alvinegro carioca, que enfrentará o Santos, classificado após a exclusão do Grêmio, punido pela Justiça após as injúrias racistas de sua torcida ao goleiro Aranha – o Tricolor gaúcho, no entanto, tem a chance de recurso, e um novo julgamento, no Pleno do STJD, pode acontecer em 15 dias.

No fim de semana o Ceará voltará a campo sábado pela Série B do Brasileirão, contra o Oeste, fora de casa. O Botafogo também sai, para enfrentar o Atlético-MG, no Independência, em Belo Horizonte, pela Série A do Brasileirão.

MOMENTO DECISIVO: 49 e 50 min

Os dois gols da virada heroica do Botafogo ocorreram nos minutos finais. Ramírez escorou após sobra do goleiro e André Bahia mandou uma bomba.

POLÊMICAS: arbitragem

Emerson de Almeida será lembrado por bom tempo. Pênalti não marcado sobre Sheik, gol mal anulado de Magno Alves, desconto maior no fim...

PERSONAGEM: apagão

Foram 22 minutos de paralisação por falta de luz no Castelão. E o tempo acabou dando polêmica, porque os gols do Bota foram aos 49 e 50 minutos.

Leia Mais...

Ceará 3 x 1 Luverdense

A Série B do Campeonato Brasileiro tem um novo líder. O Ceará aproveitou o tropeço do América-MG, na última sexta-feira, e terminou como "campeão do 1º turno".

vozão_2014

No jogo mais chocante da rodada, o Avaí humilhou o Vasco em São Januário e derrubou o técnico Adilson Batista após golear por 5 a 0.

A briga pelo G4 esquentou neste sábado. Avaí e Ceará conquistaram importantes vitórias e subiram na classificação. Na partida que encerrou a rodada, o Vozão fez o dever de casa ao derrotar o Luverdense, por 3 a 1, na Arena Castelão, em Fortaleza, e assumiu a liderança do torneio.

Os cearenses subiram para os 35 pontos e deixaram o América-MG, que empatou com o Sampaio Corrêa na última sexta-feira, para trás. Já o Luverdense se distanciou os times que lutam pelo acesso e manteve o sétimo lugar, em 28 pontos. Em São Januário, o Avaí não tomou conhecimento do Vasco e goleou por 5 a 0.

Diego Felipe foi o grande destaque da partida ao marcar duas vezes. O resultado colocou os catarinenses na vice-liderança com 34 pontos. O Vasco, por sua vez, perdeu sua vaga dentro do G4, caindo para o quinto lugar, com 32 pontos. O time carioca chegou ao cinco jogo sem vitória e demitiu o técnico Adilson Batista. Ficha Técnica

Leia Mais...

Fortaleza 2 x 0 Salgueiro - série C 2014

Fortaleza vence Salgueiro por 2x0 na Arena Castelão. Sem sofrer grandes sustos, Fortaleza passa pelo Salgueiro e segue líder. Sem sofrer grandes sustos, Fortaleza passa pelo Salgueiro e segue líder. Se no último jogo contra na Arena Castelão, o Fortaleza dominou a partida, mas não conseguiu marcar, desta vez, contra o Salgueiro, a situação foi bem diferente. Além de ser melhor em campo, o Leão do Pici construiu a vitória no primeiro tempo, com gols de Robert e Marcelinho Paraíba, e venceu por 2 a 0.

Fortaleza X  Salgueiro

O resultado foi suficiente para fazer com que o Tricolor disparasse na liderança do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Com 22 pontos ganhos, o time cearense abre oito pontos para o segundo colocado, o Cuiabá, que até pode deixar a diferença um pouco menor em caso de vitória ou empate.

Por outro lado, o Salgueiro, que não perdia há sete jogos, e fica com a quarta posição ameaçada. Se CRB e Treze vencerem, o Carcará sai do G-4 da sua chave. Um empate da equipe alagoana também é suficiente para que os pernambucanos percam vaga entre os quatro primeiros.

Leia Mais...

Fortaleza 0 x 0 Botafogo-PB - Brasileirão série C 2014

leão

FORTALEZA:
Ricardo; Tiago Cametá, Genilson, Adalberto e Fernandinho; Guto, Walfrido (Correa), Edinho e Marcelinho Paraíba (Uilliam); Robert (Zulu) e Waldison. Técnico: Marcelo Chamusca

BOTAFOGO:
Carlos; Ferreira, Magno Alves, André Lima e Alex Cazumba; Zaqueu, Hércules, Doda e Lenilson (Chapinha), Rafael Aidar (Lúcio Curió) e Frontini (Soares). Técnico: Marcelo Vilar

Arbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Assistentes: Flávio Gomes Barroca (RN) e Luis Carlos Camara Bezerra (RN)

Cartões amarelos: Fernandinho (F), Hércules (B), Alex Cazumba (B), Doda (B) Frontini (B) e Correa (F)
Cartões vermelhos: Hércules (B)

Renda: R$ 324.649,00
Público pagante: 19.958
Não pagantes: 671
Público Total: 20.629
Renda líquida/Fortaleza: R$ 195.232,51

Leia Mais...