Alvos no escândalo da Fifa, pai e filho se entregam à polícia argentina

Leave a Comment

Na madrugada desta quinta-feira, Hugo e Mariano Jinkis se apresentaram à polícia argentina para prestar esclarecimentos ao juiz federal Claudio Bonadio quanto ao envolvimento no escândalo de corrupção da Fifa, deflagrado no fim do mês de maio. Pai e filho, Hugo e Mariano são donos da Full Play, empresa de marketing e transmissão esportiva, e acusados de pagarem suborno a Fifa por direitos televisivos.

Desaparecidos há três semanas, desde o dia em que o escândalo despertou o mundo do futebol com a prisão de sete dirigentes ligados a maior entidade do futebol mundial, Hugo e Mariano Jinkins ficarão detidos na Argentina aguardando a extradição aos Estados Unidos para julgamento. Com direito de transmissão das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa, a empresa é acusada de pagamento de propinas milionárias a Fifa.

Alejandro Buzarco, outro empresário argentino envolvido no caso, entregou-se por livre e espontânea vontade à Justiça italiana há cerca de uma semana, e também aguarda extradição aos Estados Unidos, país que coordena as investigações amparado pela polícia suíça.

A informação da prisão de Hugo e Mariano Jinkins foi dada em primeira mão pelo site Infojus que, inclusive, revelou a negativa da Justiça com relação ao pedido de apelação feito pela defesa para que ambos respondessem ao processo em liberdade.

Fonte: Footstats

0 comentários:

Postar um comentário

O QUE É BOM ESTÁ NO BOLA
aqui você ver tudo que acontece no mundo do futebol
Leia na página: "ABOUT" - Termos e Condições - antes de fazer seu comentário