Paysandu vence o Ceará em Belém e deixa a zona de rebaixamento da Série B

Leave a Comment

Papão sai na frente com Yago Pikachu, leva o empate com bonito gol de falta de Ricardinho, mas Fahel marca o gol da vitória bicolor no Mangueirão.

RESUMÃO: O JOGO

CEARÁ VALORIZA A PRIMEIRA VITÓRIA DO PAYSANDU NA SÉRIE B
O Paysandu jogava no Mangueirão e com o apoio da sua torcida pressionado pela necessidade da primeira vitória na Segundona. Já o Ceará buscava, pelo menos, um empate atuando fora de casa. Os times fizeram uma partida equilibrada, alternando as jogadas de ataque. O lateral-direito Yago Pikachu, fiel às suas características, apareceu como um elemento surpresa dentro da área Alvinegra e abriu o placar. No segundo tempo, os cearenses pressionaram e conseguiram o empate com Ricardinho, um dos nomes do jogo, cobrando falta. Pressionado após o gol, o Papão reequilibrou o confronto depois da expulsão de Fernandinho e, após uma sobra de bola do goleiro Luis Carlos, Fahel marcou o gol que tirou o clube paraense das últimas posições da competição (veja a crônica da partida).

PANORAMA
Com o resultado, o Paysandu conseguiu os primeiros três pontos e deixou a zona de rebaixamento da Segundona, ficando na 14ª posição, enquanto que o Ceará estacionou nos três pontos, e se encontra na 11ª colocação. O Vovô volta a campo na próxima terça-feira, contra o CRB, no Presidente Vargas, a partir das 19h30. Já o Papão atua fora de casa no sábado, diante do Boa Esporte, no Municipal de Varginha, às 16h30.

RICARDINHO
O meia foi um dos principais jogadores do Ceará em campo, chamando para si as responsabilidades nas jogadas de cobranças de escanteio e falta. Em uma delas, Ricardinho marcou o gol de empate do Alvinegro no jogo, chutando forte, sem chance de defesa para o goleiro Emerson. O atleta também teve boas oportunidades em chutes de fora da área.

YAGO PIKACHU
O lateral-direito do Paysandu chegou aos 51 gols marcados em quatro anos como jogador profissional do clube. Dos 50 gols na carreira, Pikachu, de 22 anos, marcou 12 em 2012, 15 em 2013, 15 em 2014 e nove até aqui na temporada 2015. Revelado pelo futsal da Tuna Luso, onde ganhou do técnico Capitão - que também revelou o meia Paulo Henrique Ganso, do São Paulo -, o apelido do personagem de desenho animado, ele está no que pode ser a sua última temporada no Papão, já que o seu contrato termina no final do ano.

PARTIDA EQUILIBRADA NO MANGUEIRÃO
Paysandu e Ceará fizeram um jogo equilibrado no Mangueirão. Os times alternavam as jogadas de ataque e buscavam o gol a todo momento. O Papão abriu o placar no final do primeiro tempo, com Yago Pikachu. Na volta do intervalo, o Vovô Alencarino conseguiu chegar o empate com Ricardinho, cobrando falta, e a partir dai o confronto ficou nervoso, principalmente para os donos da casa, que ainda não haviam vencido na Série B, até que Fahel recebeu uma sobra de bola e marcou o gol da vitória bicolor.

Ceará perde para o Paysandu no Mangueirão e acumula segunda derrota na Série B

FICHA TÉCNICA: PAYSANDU 2 X 1 CEARÁ

PAYSANDU: Emerson; Yago Pikachu, Thiago Martins, Gualberto e João Lucas; Fahel, Ricardo Capanema, Jhonnatan (Edinho) e Carlos Alberto (Augusto Recife); Aylon (Misael) e Leandro Cearense. Técnico: Dado Cavalcanti.

CEARÁ: Luis Carlos; Roniery, Charles (Gilvan), Sandro e Fernandinho; Sandro Manoel, Uillian Correia, Ricardinho e Marinho(Wescley); Assisinho (Robinho) e William. Técnico: Silas Pereira.

GOLS: Yago Pikachu, aos 40 minutos do primeiro tempo. Ricardinho, aos 17, e Fahel, aos 27 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS: Gualberto e Carlos Alberto (Paysandu); Roniery, William e Marinho (Ceará).

CARTÃO VERMELHO: Fernandinho (Ceará).

ÁRBITRO: Caio Max Augusto Vieira (RN).

LOCAL: Estádio do Mangueirão, em Belém (PA).

Fonte: http://globoesporte.globo.com/pa/futebol/brasileirao-serie-b/jogo/23-05-2015/paysandu-ceara/

0 comentários:

Postar um comentário

O QUE É BOM ESTÁ NO BOLA
aqui você ver tudo que acontece no mundo do futebol
Leia na página: "ABOUT" - Termos e Condições - antes de fazer seu comentário