O Ceará está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil

Leave a Comment
csc-vozao






















O Ceará está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil. Na despedida do Castelão e de uma maneira dramática, o Ceará venceu o Brasiliense de virada, por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, com gol marcado nos acréscimos da partida. No jogo de ida, no Distrito Federal, houve empate sem gols.

O Brasiliense abriu o placar logo aos seis minutos de jogo. Ruy passou por dois adversários e de frente para Fernando Henrique tocou no canto. Com a necessidade de virar o placar, o Ceará partiu para o ataque e aos 26 minutos, após cobrança de falta feita por Júnior, o goleiro Gilson soltou a bola, Fabrício completou para o gol e empatou o jogo.

Na segunda etapa, o Ceará continuou atacando, mas não conseguiu encurralar o adversário. O técnico do Ceará, Dimas Filgueiras, trocou então um zagueiro, Erivélton, por um atacante, Sérgio Mota. Em seguida, Iarley desperdiçou uma grande oportunidade após cruzamento de Boiadeiro.

E quando a partida já caminhava para seu fim, Marcelo Nicácio recebeu bola na área, dominou, virou e chutou no cantinho, dando a classificação para o Ceará. Agora, o Vovô vai enfrentar o vencedor do confronto entre Grêmio Prudente e Atlético-MG, que se enfrentam nesta quinta-feira. FICHA TÉCNICA: Ceará 2 x 1 Brasiliense Despedida do Castelão de forma heroica, o Vozão aguarda o vencedor de Atlético-MG e Grêmio Prudente.

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 30 de março de 2011
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Claudio Luciano Mercante Junior (PE)
Assistentes: Roberto José Oliveira e João Marcelo Leite Albert (ambos do PE)
Cartões Amarelos: João Marcos, Vicente (Ceará); Raphael, Moacri, Rômulo, Ruy (Brasiliense) 
Público: 32.179 pagantes (35.338 presentes)
Renda: R$ 235.024,00 

GOLS
Vozão:
Fabrício, aos 26 do primeiro tempo, e Marcelo Nicácio, aos 47 minutos do segundo tempo.
Brasiliense: Ruy, aos seis minutos do primeiro tempo.


marca_cearasc[1]CEARÁ: Fernando Henrique; Erivélton (Sérgio Mota), Fabrício e Cléber; Boiadeiro, Heleno, João Marcos, Geraldo (Thiago Humberto) e Vicente; Iarley e Júnior (Marcelo Nicácio).

Técnico: Dimas Filgueiras



Brasiliense_Futebol_ClubeBRASILIENSE: Gilson; Patrick (Daniel), Raphael, Moacri e Chiquinho; Teco, Ruy e Ferrugem; Rômulo, Bebeto (Djavan) e Fabiano Gadelha (Felipe)

Técnico: Reinaldo Gueldini

0 comentários:

Postar um comentário

O QUE É BOM ESTÁ NO BOLA
aqui você ver tudo que acontece no mundo do futebol
Leia na página: "ABOUT" - Termos e Condições - antes de fazer seu comentário